Especialidades

Odontologia para Gestantes

Os cuidados com a saúde bucal do bebê começam desde a sua gestação. Durante a gestação a futura mamãe pode receber do odontopediatra as primeiras informações sobre a boca do seu bebê. A importância do aleitamento materno, os primeiros cuidados com a higiene bucal, a época de nascimento dos primeiros dentes, uso de chupeta e mamadeira. Quando o seu bebê nascer, ela já saberá os primeiros cuidados. Estamos dispostos a ajudar as futuras mamães a se prepararem para esta nova fase! Além disso, a gestante deve cuidar também de sua saúde bucal, pois pesquisas comprovam que uma saúde bucal precária aumenta o risco de parto prematuro e o nascimento de bebês com baixo peso. A gestante pode sim ser submetida a tratamento odontológico e a melhor época é no segundo trimestre da gestação.

Odontologia para Bebês

Na consulta odontológica para bebês, os pais recebem informações sobre a época e sequência de irrupção dos dentes de leite na cavidade bucal e as diferentes formas de higienização da boca do bebê em cada etapa da dentição. Além disso são abordados temas como aleitamento materno e sua importância para o desenvolvimento da face, uso de flúor, orientações de dieta e sobre o uso de chupetas e mamadeiras.

Odontologia para Crianças

Nesta fase, a criança também começa a ser informada sobre os bons hábitos para se ter uma saúde bucal adequada e estimulada para que tais hábitos façam parte de sua rotina, tornando os cuidados com os dentes natural e divertido. De uma maneira lúdica, conceitos como as causas da doença cárie e consequências de hábitos como sucção de dedo e chupeta, são passados para os nossos pequenos pacientes. Os pais e responsáveis continuam a receber todas as informações relativas a higiene bucal e como esta deve ser feita em cada fase, sobre o uso de flúor, orientações sobre dieta, selantes e desenvolvimento da oclusão (mordida).

Odontologia para Adolescentes

A adolescência é um período de transição da infância para a idade adulta, caracterizando-se por grandes transformações biológicas, psicológicas e sociais. Tantas mudanças em tão pouco tempo tornam o adolescente um paciente diferente do paciente infantil e por isso a linguagem e a motivação são direcionadas para esta faixa etária. A continuidade do tratamento dos adolescentes pelo odontopediatra tem a grande vantagem da relação de confiança entre as partes já estar estabelecida e pelo fato do profissional já conhecer o paciente. Nas consultas os adolescentes recebem informações sobre os cuidados com a higiene bucal e a motivação necessária para que seja feito no dia a dia. Nesta fase, muitos dos nossos pacientes estão usando aparelhos ortodônticos, requerendo maiores cuidados e atenção.